Bem Vindo às Cousas

Puri, se tchigou às COUSAS, beio pur'um magosto ou um bilhó, pur'um azedo ou um butelo, ou pur um cibinho d'izco d'adobo. Se calha, tamém ai irbanços, tchítcharos, repolgas, um carólo e ua pinga. As COUSAS num le dão c'o colheroto nim c'ua cajata nim cu'as estanazes. Num alomba ua lostra nim um biqueiro nas gâmbias. Sêmos um tantinho 'stoubados, às bezes 'spritados, tchotchos e lapouços. S'aqui bem num fica sim us arraiolos ou u meringalho. Nim apanha almorródias nim galiqueira. « - Andadi, Amigo! Trai ua nabalha, assenta-te nu motcho e incerta ó pão. Falemus e bubemus um copo até canearmos e nus pintcharmus pró lado! Nas COUSAS num se fica cum larota, nim sede nim couractcho d'ideias» SEJA BEM-VINDO AO MUNDO DAS COUSAS. COUSAS MACEDENSES E TRANSMONTANAS, RECORDAÇÕES, UM PEDAÇO DE UM REINO MARAVILHOSO E UMA AMÁLGAMA DE IDEIAS. CONTAMOS COM AS SUAS : cousasdemacedo@gmail.com



quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Sorrisos e cousas que nos marcam

Há "cousas" que nos marcam... O tempo... E as "cousas" fantásticas que do mesmo decorrem... Ufa!... Já lá vão 14 anos desde que, a partir aproximadamente desta hora, comecei a devorar nicotina como nunca o havia feito. Estava prestes a chegar um dos maiores presentes da minha vida. Foi necessário aguardar pela primeira hora do dia 4 para o mundo dar as boas vindas à minha "Princesa", mas eu comecei a entrar em "parafuso" a partir do dia 3... E que frio estava...Foi ontem... Foi hoje... Foi amanhã... Valeu a pena a espera: ganhei a minha melhor amiga! E um excelente par para as derivações em "cha-cha-cha", "merengue", "salsa"... Mais uma mini-"Lara Croft" que acompanha este "Indiana Jones" nas suas deambulações arqueológicas... E tantas, tantas coisas mais... Até ganhei uma macedense de adopção! Ah! E uma filha...

2 comentários:

Vitor disse...

Ola boa tarde, já a algum tempo que tenho acompanhado o seu blogue e confesso que muitas vezes me perco nas suas palavras e sinto uma enorme nostalgia com as suas frases assim como muitas vezes vagueio nas suas entrelinhas.

Aproveito o momento para o felecitar pelo seu óptimo trabalho desenvolvido neste blogue.

Com os melhores cumprimentos

Vitor Matos

Cavaleiro Andante disse...

Olá, Vitor! Agradeço as palavras elogiosas, particularmente por terem proveniência num, tal como eu, macedense. Seja sempre bem vindo às Cousas