Bem Vindo às Cousas

Puri, se tchigou às COUSAS, beio pur'um magosto ou um bilhó, pur'um azedo ou um butelo, ou pur um cibinho d'izco d'adobo. Se calha, tamém ai irbanços, tchítcharos, repolgas, um carólo e ua pinga. As COUSAS num le dão c'o colheroto nim c'ua cajata nim cu'as estanazes. Num alomba ua lostra nim um biqueiro nas gâmbias. Sêmos um tantinho 'stoubados, às bezes 'spritados, tchotchos e lapouços. S'aqui bem num fica sim us arraiolos ou u meringalho. Nim apanha almorródias nim galiqueira. « - Andadi, Amigo! Trai ua nabalha, assenta-te nu motcho e incerta ó pão. Falemus e bubemus um copo até canearmos e nus pintcharmus pró lado! Nas COUSAS num se fica cum larota, nim sede nim couractcho d'ideias» SEJA BEM-VINDO AO MUNDO DAS COUSAS. COUSAS MACEDENSES E TRANSMONTANAS, RECORDAÇÕES, UM PEDAÇO DE UM REINO MARAVILHOSO E UMA AMÁLGAMA DE IDEIAS. CONTAMOS COM AS SUAS : cousasdemacedo@gmail.com



segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Cousas do Mogrão

O Mogrão é uma pequena aldeia encravada entre Ala e as Arcas. Por tal, já pertenceu, em termos de jurisdição territorial, a ambas, sendo que neste momento se engloba na segunda das freguesias. Terá muitas histórias para contar (talvez um dia aqui as traga), mas não é isso que me está a "inquietar" a escrita. Espanta-me, por vezes, verificar a grandeza dos pequenos. Não posso deixar de registar a vitalidade com que algumas aldeias desafiam o destino do abandono. A que aqui me traz, para além de possuir a sua Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Mogrão, instituição que dá azo a imensas actividades, ainda tem a capacidade de manter uma página electrónica onde transmite as novas aos seus conterrâneos (e não só). Pois foi a essa mesma página que fui surripiar a prova que a seguir apresento. Já tínhamos escritores, políticos e bailarinos cuja assinatura no pátio da fama só poderia encher os macedenses de orgulho. Agora temos outro que, assim o bafeje a sorte e a arte, a tal poderá aspirar num futuro próximo: Rafael Corujo, o prodígio do Mogrão que, saído do Clube Atlético, foi parar ao ninho das águias.

2 comentários:

deep disse...

Parece que os lugares, como as pessoas, não se medem aos palmos... Fico contente pelo Rafael - que tive oportunidade de conhecer - e só posso desejar-lhe um futuro auspicioso.

Bom resto de semana.:)

alfa disse...

Gosto de ver conteudo do nosso blog noutros blogs, fico satisfeito e prometo que equanto puder não deixarei que este blog se apague, saudações mogranenses