Bem Vindo às Cousas

Puri, se tchigou às COUSAS, beio pur'um magosto ou um bilhó, pur'um azedo ou um butelo, ou pur um cibinho d'izco d'adobo. Se calha, tamém ai irbanços, tchítcharos, repolgas, um carólo e ua pinga. As COUSAS num le dão c'o colheroto nim c'ua cajata nim cu'as estanazes. Num alomba ua lostra nim um biqueiro nas gâmbias. Sêmos um tantinho 'stoubados, às bezes 'spritados, tchotchos e lapouços. S'aqui bem num fica sim us arraiolos ou u meringalho. Nim apanha almorródias nim galiqueira. « - Andadi, Amigo! Trai ua nabalha, assenta-te nu motcho e incerta ó pão. Falemus e bubemus um copo até canearmos e nus pintcharmus pró lado! Nas COUSAS num se fica cum larota, nim sede nim couractcho d'ideias» SEJA BEM-VINDO AO MUNDO DAS COUSAS. COUSAS MACEDENSES E TRANSMONTANAS, RECORDAÇÕES, UM PEDAÇO DE UM REINO MARAVILHOSO E UMA AMÁLGAMA DE IDEIAS. CONTAMOS COM AS SUAS : cousasdemacedo@gmail.com



quarta-feira, 10 de junho de 2009

Eleições Europeias - Curiosidades Masaedenses

Ouço todos os sectores da política a queixarem-se da elevada abstenção nas Europeias. Não me incluo nos abstencionistas, mas não deixo de o fazer naquele grupo dos que ainda não perceberam muito bem o alcance destas eleições. A não ser que se resuma a dar ocupação a uma lista de ex-ministros... Adiante... Parece-me que se pode fazer uma analogia entre este acto eleitoral e a época futebolística. As Europeias não vão passando de um torneio de pré-época: se se perder, não passa de uma coisa secundária que daria alguns euros extra e um troféu para acrescentar no expositor; caso se ganhe, o torneio serviu para demonstrar as qualidades da equipa, que as noções do treinador foram apreendidas, que já existe um fio de jogo, blá, blá, blá... O presumível "cartão laranja" não foi uma forma de demonstrar a melhor capacidade dos eurodeputados do partido que já foi das "três setinhas". Foi apenas um jogo de preparação em que os da "rosa" pareceram não estar muito bem preparados, mesmo após os "cartões amarelos" que têm levado. O grande vencedor voltou a ser, contudo, o PA (Partido dos Abstencionistas). Ganhar umas eleições com 63,15% não é para todos... O mesmo partido venceu por larga maioria no concelho de Macedo (71,4%), o mesmo sendo extensível ao distrito bragançano (69,51%). Ou estava "birolho" ou não vi o dito partido vencedor no boletim de voto... Por isso, votei num perdedor...

Sem comentários: